Pages Menu
FacebookTwitterInstagramInstagram
Categories Menu

Benefícios da mandioca

Publicado por em 26 abr, 2016 em Destaques, No prato | 1 comentário

Benefícios da mandioca

O Brasil é o maior produtor da raiz na América, além de ser referência como centro de origem do alimento. Foi na chegada ao país, em 1500, que os portugueses conheceram o tubérculo, que já fazia parte da base alimentar indígena, e anunciaram para a corte portuguesa. A mandioca virou tesouro nacional!

De acordo com pesquisadores da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), a mandioca é um alimento polivalente. A formação de sua raiz (polpa, fibra e água) possibilita uma utilização variada na alimentação e até na indústria. O amido proveniente da goma, por exemplo, é matéria-prima para colas, tintas, papéis, papelões, filmes, espessantes, embutidos, sorvetes, balas, cervejas e embalagens biodegradáveis.

Quanto ao uso culinário, muitos alimentos e ingredientes podem ser feitos a partir da mandioca, como o beiju, as farinhas, o tucupi, a fécula ou goma, a tapioca, o sagu, o polvilho azedo, a puba e a mandioca cozida ou frita.

Tapioca com geleia de goiaba

Tapioca com geleia de goiaba

A raiz ainda é rica em vitamina C e é fonte de carboidratos, ou seja, de muita energia! “Comparando a mandioca com o trigo, que é um cereal e também é fonte de energia, a vantagem é que ela pode ser consumida por celíacos e intolerantes ao glúten”, afirma a nutricionista Renata Migueis.

A mandioca é consumida das mais diversas maneiras e, por isso, pode aparecer em todas as refeições. Aí vão algumas dicas da nutricionista para inclui-la no cardápio do dia:

Café da manhã: tapioca, mandioca cozida, pão de mandioca.

Almoço e jantar: mandioca assada, escondidinho, purê, nhoque de mandioca.

Sobremesas ou lanches: sagu, bolos, pudins, cremes.

No site do TudoGostoso você encontra receitas com mandioca e seus derivados.

1 comentário

  1. Estou aprendendo a trocar o pãozinho de cada dia pela tapioca.

Deixe uma resposta